Sem Glúten

Durante o mês de maio, várias ações como oficinas, cursos e workshops marcam o Dia Internacional dos Celíacos, como uma forma de difundir o conhecimento sobre a celíaca – uma doença autoimune desencadeada pela ingestão de cereais que contêm glúten (proteína presente no trigo, centeio, aveia, cevada e derivados, como o malte) por indivíduos geneticamente predispostos.

Segundo a Associação Portuguesa de Celíacos (APC), a doença afeta cerca de 1% da população mundial, no entanto, apenas 10% desses indivíduos possui um diagnóstico, sendo que 90%, por desconhecerem a sua situação clínica, agravam significativamente o seu estado geral de saúde, aumentando exponencialmente o risco de contraírem doenças graves decorrentes das carências da absorção dos nutrientes.

O único tratamento eficaz consiste numa dieta isenta de glúten, rigorosa, equilibrada e saudável. E quando falamos em alimentação sem glúten, vale destacar um vasto leque de pessoas que não possuem a doença e retiram o ingrediente da dieta por questões de moda.

No ano de 2015, desenvolvi um trabalho especifico voltado para as restrições alimentares “Elaboração De Preparações Para Dietas Especiais”, em que se enquadravam os celíacos, diabéticos, hipertensos, intolerantes a lactose e os veganos, neste caso por questão de cultura.

Para entender a rotina de um celíaco e acompanhar de perto a dificuldade em se alimentar fora de casa – por medo de contaminações e dificuldade em encontrar alimentos sem glúten, foi adotado um método de estudo conhecido como imersão: “Um dia na Vida” – por uma semana vivemos como celíacos. A experiência vocês podem ver na página Gastronomia Especial, com relatos e matérias que tratam do assunto.

Já aqui no Ingrediente da Vez o intuito deste texto é difundir o conhecimento sobre a doença e destacar a Campanha “RECONHECER” da Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil – FENACELBRA, além de compartilhar durante a semana, as receitas desenvolvidas no estudo.

Receita
Rolinho Vietnamita
(Clique aqui para a receita)

IMG_5026

Dia Internacional dos Celíacos

A data foi comemorada pela primeira vez no Brasil, em 2002, como resultado de um acordo entre pesquisadores da Itália, Estados Unidos e Brasil a respeito da importância de divulgar a Doença Celíaca para a sociedade e chamar a atenção dos diversos seguimentos públicos e privados a qual a alimentação e a inserção social estão relacionadas.

No Brasil, o evento entrou no calendário de ações da Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil – FENACELBRA e suas filiadas no terceiro domingo do mês de maio com varias ações como palestras, oficinas culinárias, seminários, culminando na caminhada nacional no terceiro domingo de maio, em espaços públicos escolhidos em cada ACELBRA regional, concomitantemente nas capitais e municípios. E este ano a data cai no dia 21 de maio.

Acelbra-MG
Rua Dr. Furtado de Menezes, 342

Bairro Ipiranga – CEP 31160-170
Contatos:
Ângela – Presidente – acelbramg@hotmail.com
Telefone: 3421-9768

Referências:
ABREU, RW et al. Detecção de glúten em alimentos por meio de ELISA. Rev. Inst. Adolfo Lutz, 2006. p.177.

ARAUJO, Halina. Doença celíaca, hábitos e práticas alimentares e qualidade de vida. Revista de nutrição, 2010. P. 468 e 469

FERREIRA, Sila. Cookies sem glúten a partir da farinha de sorgo. Vol. 59 n:4, 2009 p.434

LEAL, Daniele. Crescimento da alimentação fora do domicílio. Segurança Alimentar e Nutricional. Campinas, v. 17, n. 1, p. 123-132. 2010.

 

Anúncios

Uma resposta para “Sem Glúten

  1. Pingback: Sem glúten: Torta de Limão siciliano | Ingrediente da vez·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s